Armaduras medievais


Imagine você ter que lutar em uma batalha e ainda por cima ter que vestir uma armadura que poderia chegar a pesar 50Kg. Que dureza ! Mas era exatamente isso que faziam muitos combatentes na época medieval.

Leia a reportagem abaixo e saiba um pouco mais sobre o assunto.



Armaduras medievais: o peso da derrota
Estudo analisa como as proteções de aço dos soldados franceses influenciaram na derrota do país em batalha da Guerra dos Cem Anos.
As armaduras de chapas de aço dos soldados do exército do marechal Boucicault chegavam a pesar de 30 a 50 kg. Com isso, os combatentes gastaram mais que o dobro da energia necessária para se mover.
A pesquisa, publicada na revista Proceedings of the Royal Society B, baseou-se na comparação de réplicas de quatro tipos de armaduras usadas na Europa durante a Idade Média. Participantes vestiram os equipamentos e fizeram uma série de exercícios físicos, enquanto seu consumo de oxigênio era medido. A conclusão foi que, apesar de o soldado se sentir mais seguro com a carapaça de aço, o peso do equipamento faz com que a respiração fique curta, diminuindo o fôlego e, assim, limitando a resistência durante o combate.
Vários fatores são determinantes para o resultado de uma batalha: contingente, munição, estratégia e até o clima. Agora, outro item está sendo levado em consideração por especialistas em Idade Média: o peso das armaduras.
Um estudo realizado pelas universidades de Leeds, Milão e Auckland revelou que a França poderia ter vencido a Batalha de Azincourt, em 1415 – quando foi derrotada pelos ingleses, apesar da superioridade numérica –, caso seus soldados tivessem usado outro tipo de proteção.

por Graziella Beting - Revista História Viva









Copyright© 2010-2017 HISTOSOFIA - modelo por Jason Morrow